sábado, 26 de novembro de 2016

Hasta siempre, Comandante Fidel Castro

¡Hasta siempre, Comandante!
“A política, sem polêmica, é a arma das elites.”
O herói revolucionário cubano, maior líder do mundo, sobreviveu inúmeras tentativas de assassinato nos EUA e obituários prematuros, mas no final provou mortal, depois de sofrer uma longa batalha com a doença.
Fidel Alejandro Castro Ruz 13/08/1926 - †25/11/2016
“El día que me muera de verdad nadie lo va a creer. Podría andar como el Cid Campeador, que ya muerto ló llevaban a caballo ganando batallas.”  Fidel Castro
Rodrigo Díaz de Vivar, mais conhecido como El Cid Campeador, amarrado a seu cavalo, colocou em fuga os apavorados inimigos, mesmo depois de morto. Nesse homem, o líder da revolução cubana buscou a imagem perfeita para definir a própria trajetória de lutas, seu exemplo de resistência, determinação e garra, típicos dos vencedores.
No discurso pronunciado por ocasião do 60° aniversário de seu ingresso no curso de Direito, em 17 de novembro de 2005, na Aula Magna da Universidade de La Habana, Fidel Castro, melhor do que ninguém resumiu o fechamento do ciclo de sua existência, árdua etapa para uns mais, para outros menos, mas que um dia recai sobre todos os afortunados que se acercam da longevidade.

 Fidel Castro

No link, contém o vídeo em que Raúl Castro, seu irmão e presidente de Cuba, anunciou a morte do líder revolucionário na televisão.
"O comandante-em-chefe da revolução cubana morreu às 22h29 hoje à noite (25 de novembro de 2018). Hasta la victoria" disse Raúl
"Não dá para conter a tristeza com o falecimento de nosso tão amado Comandante Fidel. Nós que representamos a Casa de Amizade Brasil-Cuba no Ceará estamos desolados, mas estamos certos de que até em sua morte Fidel é vitorioso, tendo sido alvo de tantos atentados apenas o tempo conseguiu encerrar o seu ciclo vital. É o descanso merecido do grande guerreiro. Vai em paz grande Comandante! A nós nos resta honrar o seu legado, continuar a solidariedade ao seu amado povo e lutando pela paz no mundo. Sua obra se perpetuará por várias e várias gerações. Por isso te dizemos: hasta siempre Comandante, pátria ou morte, venceremos!"  Casa da Amizade Brasil-Cuba/Ceará
"Nada pode descrever melhor a ligação entre um homem e seu sonho que seu próprio nome: Fidel, fiel."
Fidel, o nome que ligava um homem e um sonho - TIJOLAÇO | - http://www.tijolaco.com.br/blog/fidel-o-nome-que-ligava-um-homem-e-um-sonho/ A história e a biografia de Fidel Castro você lerá hoje e por muitos anos. Pretensioso procurar resumir aqui 70 anos de lutas políticas e quase 60 em que foi um dos nomes mais...
“Eu digo que se alguém não faz, o tempo todo, tudo aquilo que e até mais do que pode, é exatamente como se não fizesse absolutamente nada!” Fidel Castro
🙋 "Na ofensiva global contra o capitalismo, que busca se impor em todo o mundo como sistema único e final, no sombrio continente americano, surgiu Fidel, como a personalidade mais lúcida de nossa época no enfrentamento aos que tentam nos neocolonizar." Maria Leite*
Gracias, Fidel! Maria Leite* - Portal Vermelho http://www.m.vermelho.org.br/noticia/290235-1
"Hoje, em todo o mundo, milhões de crianças dormirão sem um teto e com fome. Nenhuma em Cuba". Fidel Castro
Mensagem de Dilma sobre o falecimento de Fidel
Sonhadores e militantes progressistas, todos que lutamos por justiça social e por um mundo menos desigual, acordamos tristes neste sábado, 26 de novembro. A morte do comandante Fidel Castro, líder da revolução cubana e uma das mais influentes expressões políticas do século 20, é motivo de luto e dor.
Fidel foi um dos mais importantes políticos contemporâneos e um visionário que acreditou na construção de uma sociedade fraterna e justa, sem fome nem exploração, numa América Latina unida e forte.
Um homem que soube unir ação e pensamento, mobilizando forças populares contra a exploração de seu povo. Foi também um ícone para milhões de jovens em todo o mundo.
Meus mais profundos sentimentos à família Castro, aos filhos e netos de Fidel, ao seu irmão Raul e ao povo cubano. Minha solidariedade e carinho neste momento de dor e despedida.
Hasta siempre, Fidel!
Dilma Rousseff - Presidenta eleita pelo voto popular brasileiro


Fidel Castro, presente hoje e sempre! 🙋

"O MAIOR DE TODOS OS LATINO-AMERICANOS".
"Seu espírito combativo e solidário animou sonhos de liberdade, soberania e igualdade. Nos piores momentos, quando ditaduras dominavam as principais nações de nossa região, a bravura de Fidel Castro e o exemplo da revolução cubana inspiravam os que resistiam à tirania" Lula (ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva)
Em nota, Lula conta que conheceu Fidel em 1980, na Nicarágua. "Mantivemos, desde então, um relacionamento afetuoso e intenso, baseado na busca de caminhos para a emancipação de nossos povos".
Lula se referiu a Fidel como amigo. "Sinto sua morte como a perda de um irmão mais velho, de um companheiro insubstituível, do qual jamais me esquecerei".
#HastaSiempreComandanteFidel

Poucos na história conseguiram sintetizar o ideal de justiça social como Fidel Castro. Ao lado de Lênin e Che inspiraram trabalhadores de todo o mundo a buscar e combater pela dignidade humana. Foram capazes de dedicar as suas vidas, energias e sonhos para que a humanidade se emancipasse.
Lênin comandou a transformação de um país feudal, que em poucas décadas se tornou um novo mundo, capaz de mostrar que é Possível a transformação da sociedade, sob o comando dos oprimidos.
Che, em sua curta vida, comprovou a capacidade de ser efetivamente justo e capaz de se indignar e atuar em todos os continentes contra às injustiças e a exploração, indo às últimas consequências para libertar o trabalho da exploração burguesa. E, com Fidel Castro e Camilo Cienfuegos, foram capazes de derrotar o governo norte americano, que explora, oprime e mata por todo o planeta.
Os trabalhadores e trabalhadoras têm motivos de sobra para seguir os exemplos desses combatentes que mudaram o curso da história.
Não trairemos seus exemplos!!
Cuba seguirá firme sua jornada heróica e revolucionária!!
Toda solidariedade ao povo revolucionário de Cuba!!
Socialismo ou barbárie, afirmou Rosa  Luxemburgo, diante de tantos fatos que comprovam o acerto de suas palavras.
Lênin, presente!!
Che, presente!!
Fidel, presente!!!
Venceremos!!                       
O líder cubano derrotou conspirações apoiadas pelos EUA e enviou 386.000 concidadãos para lutar em Angola, Etiópia, Congo, Argélia e Síria. Ao longo de 40 anos (1958-2000) escapou de 634 tentativas de assassinato, escreveu Fabián Escalante, ex-chefe de inteligência cubano, segundo o veículo de informação alternativa Cubadebate.
¡Bienvenido, Comandante!
 Encontros onde não existe dor.          
28/11/2016 - Jonatan Fogaça

Fidel você veio, demorou mais veio, disse Gabriel Garcia Marques.
Sim, todos tem seu tempo, Gabo, tempos de Cólera  (risos), vem cá e cadê o Eduardo Galeano?
Vou chama-lo, Fidel, ele se reúne toda sexta-feira pra tomar um vinho e jogar xadrez com o Allende e o Hugo Chávez, teu fã número 1 aqui
Saudades dele, responde entusiasmado Fidel.

Fala Eduardo Galeano, mas vem cá essas veias abertas que não fecham?
Estou sabendo que o negócio está feio, hoje mesmo comentei com Neruda sobre a situação do Brasil, semana passada o Darcy Ribeiro e o Brizola estavam conosco e me comentaram sobre um tal de Temer, o Próprio Getúlio tá "P" da vida com o neoliberalismo voltando, o Néstor Kirchner então tá louco com esse tal de Macri disse Galeano.

Olha, Duda, tenho muito que contar pra vocês, o negócio não está nada bom mesmo, apesar de vocês acompanharem de longe... disse Fidel.

Mandela tá louco pra te ver comandante, ele está com o Arafat, quando deu a notícia que o senhor viria ele imediatamente te mandou um abraço.

Oh meu amigo Mandela, trouxe charutos, quem sabe agora não podemos fazer uma luva de boxe eu e ele?  (Risos)

Com ele talvez, mas o Mohammed Ali também vai querer (risos) - Não ficamos só no charuto responde Fidel com um semblante alegre e assustado.

Mas Fidel, disse Gabo com os olhos marejados.... Galeano, eu não consigo, vai você, fala pra ele...

- Tem uma pessoa aqui, que passou 48 anos com saudade de você, cada um de nós que chegava, ela pedia - E o Fidel como está? Quando vem?

- Fidel imediatamente senta, sente uma leve batida nas costas - ao virar-se devagar sente uma energia diferente, uma respiração ofegante meio asmática que não escutava há décadas, é instantânea a lágrima nos olhos de Castro.

Ao bater os olhos, Castro com a voz amarrada e flácida, solta um baixo e doce

- Ernesto!!!!!

Ao jornalista Ignacio Ramonet, Fidel confessou que quase sempre carregava uma pistola Browning de 15 tiros. "Oxalá todos morrêssemos de morte natural, não queremos que se adiante nem um segundo a hora da morte", declarou em 1991. http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2016/11/26/fidel-castro-morre-aos-90-anos.htm
¡Hasta siempre, Comandante!  http://t.co/TJb91SHZxE no Blog Ser ¡Voz! Fidel Castro - Grande Comandante da Revolução Cubana

"Quer saber quem foi Fidel?
Preste atenção em quem está comemorando sua morte" 
"Fidel não pertence somente a Cuba, pertence ao nosso Mundo, a esta nossa América!" Hugo Chaves


#VivaFidel #VivaLaRevolución

Povo cubano, acompanhando as cinzas de Fidel nas ruas de Havana rumo a Santiago de Cuba. As cinzas percorrerão a Ilha.

A direita não consegue explicar esse fenômeno e omite a informação. (Vai ver foram obrigados a ir às ruas...rs)


Livro de Homenagens e Condolências
Casa da Amizade Brasil/Cuba do Ceará está com o Livro de Homenagens e Condolências ao Comandante Fidel Castro. Livro será levado a Cuba para as homenagens.
Os interessados em assinar, podem entrar em contato com seus membros, com este blog e/ou alguns membros do FMFi - Fórum de Mulheres no Fisco

04 de dezembro de 2016... Cinzas de Fidel sepultadas em Santiago de Cuba após percorrer a Ilha. 

Cláudia Maia - Livro - Gláucia Lima
_na imagem, com o Livro de homenagens e condolências a Fidel: Cláudia Maia, arquiteta e artista plástica, membro do FMFi e diretora do Espaço Arte do InsTI - Instituto Tonny Ítalo. Gláucia Lima, servidora, professora e escritora, diretora da Casa Amizade Brasil/Cuba, coordenadora do FMFi - Fórum de Mulheres no Fisco, presidenta do InsTI - Instituto Tonny Ítalo.


DE: JOSÉ DIRCEU
PARA: FIDEL CASTRO

 Acabo de saber da morte de Fidel. São 9h15 da manhã de sábado. Ontem, dia de visitas aqui no Complexo Médico Penal, eu pedia para que transmitissem a amigos meus cumprimentos pelos seus 90 anos celebrados em 13 de agosto, o que não pude fazê-lo pessoalmente por estar preso.
 Coincidentemente, hoje, recebo a triste e infelizmente esperada notícia, já que Fidel vivera e sobrevivera a uma longa enfermidade. Não só lutou contra ela e resistiu, mas passou por essa longa jornada sempre trabalhando e lutando, escrevendo e estudando, pesquisando e recebendo os companheiros de luta de todo o mundo.
 Fidel era um sobrevivente de inúmeros atentados e tentativas de assassinato, hoje comprovadas pelos próprios documentos oficiais do governo dos Estados Unidos - da luta estudantil, do ataque a Moncada, do desembarque do "Granma", da guerrilha e, depois, vencendo a batalha de Girón e enfrentando a longa luta para consolidar a revolução nos anos 60/70.
 Um líder revolucionário e estadista, colocou Cuba e seu povo na história do século 20. Participou e foi protagonista, mesmo governando uma ilha de 100 mil km² e 10 milhões de habitantes, de todos os grandes acontecimentos mundiais e esteve presente em todas as grandes lutas de independência e contra as ditaduras nas décadas de 60, 70 e 80, na América Latina e na África.

Enfrentou e não se rendeu à maior potência do mundo, os Estados Unidos da América.

Como ninguém, encarou a aspiração do povo cubano e latino-americano à independência e à soberania, seguindo a herança do pai de Cuba, José Martí, e dos grandes da América Latina, como Bolívar. Foi um símbolo de esperança e fonte de inspiração para os pobres, deserdados, explorados e oprimidos de todo o mundo.
Tive, já em 1969, ao chegar a Cuba, a surpresa de encontrá-lo pela primeira vez. Jovial, alegre e emocionado, foi nos dar as boas-vindas e nos prestar solidariedade. Chegávamos a Cuba vindos do México, para onde fomos ao sair das prisões da ditadura brasileira trocados pelo embaixador norte-americano. Foi o primeiro de muitos encontros durante minha vida em Cuba e, depois, como petista, deputado, ministro e, por fim, ex-ministro e de novo perseguido e exilado dentro do meu próprio país.
 Nunca me faltou com a solidariedade e apoio - ele e Cuba - e se manifestou em sua plenitude, não quando eu estava no governo, e sim sempre quando eu mais necessitava - de novo banido e caluniado nos anos do mensalão e também depois da minha condenação e prisão em 2013. Anos de infâmia, quando Fidel e Cuba continuaram solidários.
Ao tomar posse como ministro, em 2003, agradeci em meu discurso a solidariedade do povo cubano e seu líder Fidel Castro durante a ditadura. Hoje rendo minha humilde homenagem ao comandante e ao herói do povo de Cuba. Presto minhas condolências ao povo e ao governo de Cuba e me despeço de Fidel sem poder estar em Havana para fazê-lo pessoalmente, assinando com o nome que recebi quando os perigos e as ameaças da ditadura e seu tutor, os Estados Unidos, nos obrigavam a usar pseudônimos.

Daniel




 

segunda-feira, 6 de junho de 2016

InsTI - Instituto Tonny Ítalo: Campanha "Tecendo Experiências"

InsTI - Instituto Tonny Ítalo: Campanha "Tecendo Experiências": A campanha “ Tecendo Experiências ”, realizada em 8 de outubro de 2015, no Passeio Público e na Praia de Iracema (Fortaleza/CE), traduz, ...



A campanha “Tecendo Experiências”, realizada em 8 de outubro de 2015, no Passeio Público e na Praia de Iracema (Fortaleza/CE), traduz, conceitualmente, por meio da composição de cenários, ações nas quais o Instituto Tonny Ítalo procura se fundamentar. As imagens, nesse sentido, funcionam como operadoras de poéticas que são tecidas a partir do filtro de experiências cotidianas que privilegiam os instantes, as paragens, as experimentações, os processos de constituição de si a partir de uma coletividade nesses tempos ligeiros. O Instituto elabora essas imagens performativas com o intuito não só de publicizar os pilares nos quais ele se sustenta, mas, sobretudo para que elas potencializem uma poiesis que
seja capaz de ser transformadora de nossas ações moleculares e orgânicas na construção de uma política de não-violência, justiça, diversidade, respeito, alegria, sustentabilidade, generosidade e paz. 
Campanha "Tecendo Experiências" homenageou também o dia do Meio Ambiente - 05/junho!  Além do Blog e Site do InsTI - Confira na Fan Page →  https://www.facebook.com/institutotonnyitalo.blogspot.com.br/photos/?tab=album&album_id=1616697655312148 Facebook

1.    Temas:  
1. O Espelho 
2. Doação 
3. Instante Holístico  
4. Uma Via Alternativa 
5. Bolha de Sabão 
6. Telas Possíveis 
7. Chapéu e o Violão


2.  Conceito e Styling: Mário Fellipe/ João Rodrigues.
3. Fotógrafo: Nicolas Gondim.
1.   Decoração: Jhonny Gomes.


Confira matéria

completa no blog e no site do InsTI - Instituto
Tecendo Experiências ”, realizada em 8 de outubro de 2015, no Passeio Público e
na Praia de Iracema (Fortaleza/CE), traduz, ...





























quinta-feira, 12 de maio de 2016

Dilma Rousseff: “Jamais desistirei de lutar!”

"Posso ter cometido erros. Crime, jamais!!!" Dilma Rousseff
Hoje, amanheci dizendo que escreveria sobre o sentimento do meu povo brasileiro que é o meu também... porém, sou levada a declinar e apenas introduzir as palavras da presidenta legitimamente eleita do Brasil, Dilma Vana Rousseff

Desde que nasci vi e vivi várias facetas políticas. Perdi pai aos 4 anos de idade em decorrência dos anos de chumbo. Aos 7 um irmão nos é retirado, com apenas 25 anos, pelos mesmos motivos por quem apoiava o regime ditatorial. Com 14 anos já era detida como ‘subversiva’, imagina... ‘bandida’, pra alguns. lutei pra eleger, mesmo sem ainda votar aos 16 naos, a primeira Mulher de esquerda numa capital: Mª Luíza (PT), em disputa com meu conterrâneo, de Mombaça, Paes de Andrade (PMDB). Aos 20 anos de idade votei pela primeira vez pra presidente. Votei no 1º turno no Brizola, no 2º no Lula. E desde então, pra presidência, só tenho votado na esquerda (pra todas as legislaturas também).
Nunca deixei de lutar. Penso que a luta por democracia, direitos e valores é uma obrigação de qualquer ser. Eu ia falar de golpe. Mas, primeiro quero falar da conquista de nossa Pátria ter eleito a 1ª Mulher pra Presidenta do Brasil. Mulher de luta, digna e honesta. Competente e que cumpria com a promessa que mais me chamou atenção na posse de sua reeleição, eu testemunhei as duas posses. Vi, na 1ª, Lula sair conforme entrou no Planalto: nos braços do Povo. Dilma afirmava e cumpria: "Nenhum direito a menos, nenhum passo atrás" (Dilma Rousseff, em discurso de Posse, 1° de janeiro de 2015).

"Se nada acontecer com a Globo, eles vão golpear hoje, amanhã e sempre!"*
Contudo, não era assim que a ‘Casa Grande’ queria. E, nunca reconheceu a derrota. Pediu contagem de votos, anulação de eleição etc., no entanto, a trama estava sendo arquitetada dentro do partido vendido à mídia de comunicação, capitaneada por Globo e, às empresas financiadoras dos mesmos partidos Aí, aparece o ‘Judas’ da história. Neste caso, a ‘Judas’ e vende o país de todos nós por 45 mil a peça de pedido de Impeachment. Porém, Tiradentes teve um conspirador, com Dilma não foi diferente. Aquele velho partido que nunca ganhou nas urnas a presidência, encontrou no golpe a chance de usurpar o poder. E assim, Temer escreve sua biografia...
Haverá um tempo em que muitos sentirão vergonha de ter dito “fora Dilma”
Nós, pelo contrário, havemos sempre de nos orgulhar de ter dito: 

#NãoVaiTerGolpe #‎VemPraDemocracia #GolpeNuncaMais!    

Senti a dor profunda dos meus pares, a dor de sofrer o golpe, de desacreditar em tudo e, principalmente, nas instituições brasileiras. Afinal, rasgaram a Constituição. Vi nos olhos dos mais jovens a terrível decepção...
Entretanto, também percebi nos olhos e comportamento de meu casal de filhos, a mesma sensação e reação que encontro no  meu: indignação e calma. Foi aí que percebi: O duro golpe que nos acometeu, o assassinato de meu primogênito há um ano, nada consegue superar. Por isso, decidi escrever o que destaquei da fala da Presidente Dilma quando se refere à Vida e aos desafios que sempre teve que superar:
“a dor indizível da tortura
a dor aflitiva da doença
agora, novamente, a dor inominável da injustiça!”
Senti e compreendi sua dor,  ela também é minha, é de todas e todos nós. A dor de ser “vítima de uma farsa jurídica e política”. Dilma, emocionada relembra: “lutei a vida inteira pela democracia. Nunca imaginei que seria necessário lutar de novo contra um golpe no meu país” e segue conclamando seu povo a permanecer “Mobilizados, Unidos e em Paz!”
“Lutar pela democracia não tem data pra terminar.” E termina dizendo: “JAMAIS VOU DESISTIR DE LUTAR!

Pronto, podemos falar, agindo igual e, JAMAIS DESISTIR DE LUTAR!
A Luta vale a pena!
"Sempre em frente... "Afinal, impeachment sem crime é golpe!
Dilma nos representa!
*GLOBO CELEBRA GOLPE, IGUAL EM 1964! E é porque disse reconhecer erro...
Rede Golpe de Televisão!
depois de tantas torturas, violências, mortes e perseguições, repete a mesma coisa... VERGONHA!!! Não reconhecemos governo golpista! Dilma nos representa! Respeitem nosso voto e as eleições!!!
SE NADA ACONTECER COM A GLOBO, ELES VÃO GOLPEAR HOJE, AMANHÃ E SEMPRE.
Igual a 1964 🔻
https://t.co/4cr5PwSNva
Ser ¡Voz! O Globo celebrou golpe militar de 1964! agora, repete a dose...

"Foge Goulart e a democracia está sendo restaurada." Editorial: "Ressurge a Democracia". Primeira página do Globo dia 2/4/1964. Chamavam ditadura de democracia.


Golpistas, Fascistas, Machistas, Não Passarão!!! Atentaram contra a Democracia, contra o Povo do Brasil e contra o Estado Democrático de Direito!!! Fora, Temer!  #DilmaQueridaFica



GLÁUCIA LIMA 

domingo, 8 de maio de 2016

Ceará na História: Gláucia Lima - Exemplo de Mulher, Mãe, Companheira...

Surpresa e emocionada... abrir os olhos e ler tais palavras obrigaram-me a fechá-los novamente... as lágrimas impedem-me de abri-los e de escrever minhas impressões...

Por enquanto, ¡gracias! 😘💕



Parabéns a todas as Mães!👏💐Pães tbm 🙋



Ceará na História: Gláucia Lima - Exemplo de Mulher, Mãe, Companheira...: Gláucia. Somos todos Tonny Ítalo  O poeta não se prende a ilusões, insiste na versão singela de uma natureza bela, que o inspire no d...

FMFi (leia-se: "femefi") - Fórum de Mulheres no Fisco


terça-feira, 3 de maio de 2016

“Calvário das viúvas!” saiba porque isso é uma violência fascista às mulheres

Fórum de Mulheres no Fisco - FMFi: “Calvário das viúvas!” saiba porque isso é uma vio...:



“Calvário
das viúvas!” saiba porque isso é uma violência fascista às mulheres


“as mulheres
que se consideram feministas mereciam O Calvário das

Viúvas” Jair Bolsonaro
Mesmo que
pouco se saiba sobre a Épuration
Légale
, a afirmação dele não

deve cair no esquecimento.

"A covardia é a mãe da

crueldade".
Michel de Montaigne
Posição do
Fórum de Mulheres:

Golpistas,
Racistas, Sexistas, Fascistas, Machistas, não passarão!
♀“(...) A
violência baseada no gênero, não importando a forma como se

apresenta, é uma violação dos direitos humanos passível de condenação por todos

os estados-parte da Declaração de Genebra. O Brasil como signatário dessa

declaração, obriga-se a cumpri-la e sua política nacional deve ser pautada

pelos seus fundamentos.

Portanto, o
FMFi - Fórum de Mulheres no Fisco conclama toda a sociedade

a repudiar toda e qualquer atitude, machista, homofóbica e preconceituosa que

ponha em risco a harmonia entre homens e mulheres, independente de etnia,

classe social ou condição.” ♂










Golpistas,
fascistas, machistas, sexistas, racistas não passarão!
#TorturaNuncaMais










FMFi - Fórum
de Mulheres no Fisco em busca da equidade, contra o golpe e

pela Democracia!




#GolpeNuncaMais

Mais
em:

Ser ¡Voz!:

HOMOFOBIA

Carta

Manifesto em Apoio às Mulheres e Repúdio a Bolsonaro



Carta Manifesto

em Apoio às Mulheres e Repúdio a ...

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Ser ¡Voz!: O Globo celebrou golpe militar de 1964! agora, diz...



Primeira página do Globo dia 2/4/1964. Chamavam ditadura de democracia.



"Foge Goulart e a democracia está sendo restaurada." Editorial: "Ressurge a
Democracia". Primeira página do Globo dia 2/4/1964. Chamavam ditadura de
democracia.



Ser ¡Voz!: O Globo celebrou golpe militar de 1964! agora, diz...: O Globo que celebrou golpe militar de 1964, a gora, assume: Apoio editorial ao golpe militar de 64 foi um erro "Foge Goulart e a ...